quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Olha, quando eu comecei um blog que mostra todos os dias (heh) o guarda-roupa mais boring do universo, não foi pra provar que a pessoa adulta pode viver todos os dias usando jeans e tênis. Foi pra me confrontar com o ridículo da minha própria situação.

Acontece que eu comecei a analisar conscientemente meus gastos e a coisa mais difícil que tem é deixar de gastar em... calça jeans e tênis. TCHARAM.

Mas olha, um auto olhar crítico faz diferença.

Nos finais de semana, por exemplo, eu já tenho conseguido trocar tênis por sapatilha e calça por vestido. Não lembro exatamente de fotografar, mas é um começo.

Outro dia, estava lendo o tumblr do look do dia do dia e a moça estava dizendo que pra analisar com mais propriedade, precisava saber de onde a pessoa vem e pra onde a pessoa vai.

Eu geralmente venho de casa pro trabalho, vou do trabalho pra casa, entro e saio de um campus enorme com calçadas horrorosas pra almoçar, passo no supermercado, no supermercado, na padaria, na loja de ração. Não tem condição de usar salto.

Também tenho um probleminha com material de sapatos que me causam alergia e blábláblá, tô aí de tênis uns 300 dias no ano, pelo menos.

As fotos a seguir são um exemplo do que acontece quando a pessoa sai da zona de conforto. Catástrofe.

Achei simpático no espelho, achei um horror na foto.






A intenção era fazer a roqueira meiga, com a sapatilha de tachinhas + vestido liberty + meia preta com coraçõezinhos. Eu acho que a proporção foi o que estragou, sei lá. Fora o frio totalmente inesperado, que me fez colocar um casacón pesado por cima de tudo, pra não congelar.

Os créditos serão tudo zuado porque eu não lembro o nome de nada AEEEEEEEEE.

O vestido é de uma lujinha que dizia que era exclusivo. Pelo preço exorbitante que ele custou, espero que seja mesmo. De qualquer forma, ele é lindo, preciso tirar uma foto dele sem nada atrapalhando.


Sapatilha Via Anzi

Meia Renner

Cinto que veio num short, da Renner

Cardigã Zara

Casaco da China, comprado no e-bay (tem um link num post do passado)


3 comentários:

Rejane disse...

Achei o look bem digno.

Não ficou feio na foto não. Acho que é self-conscience demais da sua parte.

Também acho a proposta do blog bem legal. Não igual ao daquelas pessoas que vão trabalhar de blusa amarela, calça azul, oxford e chapéu panamá que sempre me fazem pensar: Rá, se eu te encontrasse na rua ia achar que você é louca...

Vanessa Negrão disse...

É bem isso, Rejane.

Eu comecei a acompanhar esses blogs e pensar "mas meu deus, onde essa pessoa trabalha que pode ir assim? quem são os amigos dela, que acham isso normal?"

Aí a gente começa a se sentir mal porque é muito normalzinha e tal. Mas eu acho mesmo que a maioria da população vive de jeans e camiseta... :)

Andrea disse...

Eu também achei amor. ♥
E real. O tipo de roupa que eu usaria.


Mentira, eu não uso vestido. Comprei meia calça, mas vivo um eterno dilema: no frio, tá frio demais pra usar qualquer coisa que não seja calça inteira. No calor, bem, tá quente. O que fazer?